Ireland

Eu sinto falta desse lugar que eu não sei onde é, eu sinto falta dessa vida que lá parecia pulsar. Eu sinto falta daquele mar gelado, daqueles bosques, daquelas paredes de pedra. Eu sinto tanta falta desse lugar em que nunca estive, pelo menos não nesta vida. Eu sinto falta das paisagens que sempre vêm em meus sonhos, as mesmas, todas as vezes. Eu sinto falta do ar salobro, daquele cheiro de terra molhada, eu sinto falta daquele céu nublado e mesmo assim tão lindo.

Que nome terá esse lugar? Onde fica? É desse mundo? Eu não sei, mas daria qualquer coisa para saber onde o meu passado se enterrou, passado que desconheço, do qual só vejo relances quando fecho os olhos. Eu daria tudo para ouvir o canto dos pássaros daquela terra, para me deitar naquela grama úmida de orvalho e contar as estrelas e brincar com as flores pequeninas, eu daria tudo para estar em casa. Sim, lá é o meu lugar e não aqui, pela primeira vez percebo que não pertenço a essa cidade movimentada, barulhenta e suja, percebo que a escravidão do sistema não é para mim. Eu queria ter tempo para mergulhar naquela água tão pura e observar o movimento das nuvens e ver como as plantas cresciam verdes e brilhantes, eu queria caminhar pelas trilhas, eu queria poder sentir a chuva lavando minha alma.

Foto nenhuma se compara, palavras não são suficientes para descrever a beleza dessa terra, desse mundo que era meu, mas que se esconde do meu alcance, que só me vem nos sonhos, lamento nenhum expressa a minha saudade de lá, nem a minha dor por não estar rodeada por aqueles encantos. Eu só queria poder saber o seu nome…

Licença Creative Commons
Encontro Com O Passado de Agatha Fawkes é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Baseado no trabalho em paginasdobradas.wordpress.com.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em https://paginasdobradas.wordpress.com/.

Anúncios