Para Um Amigo...

Eu não sei como começar a te dizer tudo isso, é um assunto tão complicado, principalmente para alguém tão fechado… Mas eu preciso tentar, não por mim, mas por você.

Tem horas que estamos rodeados por todos os nossos amigos e mais um milhão de pessoas, porém mesmo assim nos sentimos tão sozinhos, inconsoláveis, parece que nada é capaz de aliviar a nossa dor e preferimos muitas vezes ficar com ela ali latejando em bobas expectativas de que vá embora, do nada. Só que não é bem assim, a gente acaba percebendo com o tempo… Tem horas que parece haver um vazio abissal aqui dentro, um vazio desesperado para ser cheio. Cheio de quê? Ora, qualquer coisa que iniba essa sensação ruim, tudo menos vazio, tudo menos silêncio. Tem horas que ninguém parece nos entender, que mesmo os melhores e verdadeiros nos encaram com olhos de inquisidores e aí o mundo parece ser tão cruel, parece não ser um lugar para nós. Tem horas que a gente quer desistir de tudo porque tudo está difícil, tem horas que a gente desacredita de tudo que é bom porque os noticiários não mostram alegria e nem sonhos, tem horas que a gente desacredita dos nossos sonhos porque a fé está fraca.

O que é a fé? O que pode ser capaz de tirar a tristeza daqui de dentro? O que é capaz de preencher o vazio? Deus. Sim, você não acredita, mas quem disse que isso é importante? Deus não vai te amar menos só porque você não O vê, não O sente. Ele sempre está ali por cada um de nós, mesmo que sejamos simplórios demais para perceber Sua grandeza; Ele sabe de toda a dor e toda a angústia que pode haver, Ele vê mente e coração e até entende quando você sofre mas não O procura.

Ele não quer que você vista uma batina e passe horas de joelho na Igreja, Ele só quer que você saiba que tem sim com quem contar em qualquer hora do dia, da semana, mesmo que por perto não haja amigos ou que falte luz na sua casa. Ele vai ser a sua luz, Ele vai te ouvir e te cuidar quando todo o mundo tiver te virado as costas. Sabe aquela vez em que você chorou no meio da noite agarrado aos travesseiros e você jurava que estava completamente sozinho, que ninguém estava ouvindo seus soluços mudos? ( Com certeza já deve ter havido noite assim para você) Pois Ele estava ali o tempo todo, Ele não te julgou nem te falou para mudar, Ele apenas te ouviu, te acariciou a cabeça e ficou ali contigo até você dormir, e depois, também, para ver se não ia acordar chorando de novo.

Dia virá em que você notará a presença dEle e não será por intermédio de ninguém, você vai procurar e você vai ver e sentir e vai sentir uma estranha felicidade, vai de repente notar que as coisas não são tão difíceis quando a gente descobre a existência de um Amigo tão bom e fiel como Esse, um amigo que só quer que a gente saiba que Ele existe. Eu te garanto, amigo, Deus é o melhor amigo que alguém pode ter, espero com afinco que um dia você também veja isso.

Licença Creative Commons
Para Um Amigo… de Agatha Fawkes é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Baseado no trabalho em paginasdobradas.wordpress.com.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em https://paginasdobradas.wordpress.com/.

Anúncios