Tags

, ,

Sabe o que é estranho?
Passar o dia inteiro pensando em você, e nada mais.
Te amar todas as horas
E de todas as maneiras
A cada minuto que passa.

Todo tempo é pouco quando estou com você,
Mas meu dia sobra se estamos longe.
Falta algo, falta tudo,
Falta você.

Eu te amo como ninguém mais amou
Não há nada que preencha a falta que você me faz
Seu sorriso calmo,
Seu olhar cruzando com o meu.
Não sei mais o que fazer
Com esse tanto amar.
Tudo passa, menos esse seu jeito
De me fazer te adorar.
Tudo me afeta, mas você já é um pedaço de mim.
E minh’alma de amar-te
Anda louca, perdida,
Me dizendo para ir até o fim.

(E antes que perguntem, esta é sim uma poesia bem antiga minha. Achei-a por aí nas minhas coisas e decidi postar, achei que achariam interessante ler algumas coisas diferentes que eu tenha escrito.)

Licença Creative Commons
Tanto Amar de Alice L. Neruda é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.
Baseado no trabalho em paginasdobradas.wordpress.com.

Anúncios