Tags

Já não sei mais o que sentir. Amor? Desilusão? Alegria? Tristeza? Apego? Desapego? Eu já senti tudo isso, de várias formas. Já vivi intensamente e já deixei os dias passarem sem ânimo algum. Muitas vezes fui dormir pensando em tudo e já dormi apenas por estar com sono, esperando um amanhã melhor. Já liguei muito para o que os outros pensam sobre mim e já disse que não me importo. Eu sou assim. Passo sempre por tudo isso. Vivo vários momentos, sabendo que cada um deles é diferente. Mas tenho o defeito de que não conseguir deixar algo que eu gosto de lado. Até mesmo o que eu nem sei se gosto, mas que me persegue. Eu digo que esqueci, que não dou mais a mínima. Na verdade, estou mentindo. Tudo o que passa por mim demora a sair, e muitas vezes nem sai. São essas coisas que me deixam sem saber o que fazer, sem saber o que dizer. Vivo neste constante ponto de interrogação. Digo para mim mesma que irei me libertar dessas coisas. Eu mudo a rotina, canto, escrevo para ver o tempo passar. Até esqueço, mas uma hora tudo volta.

Aí eu me pergunto: O que há de errado comigo? Por que nada dá certo para mim? Tudo me parece tão difícil. As pessoas me dizem que não há nada de errado. Elas não veem nada e eu vejo tudo. Talvez o problema seja eu, que não enxergo que eu sou capaz de encontrar soluções para os meus problemas. Eu tenho que eliminar essas coisas. Mandá-las para bem longe. Bem longe mesmo. Eu tenho que apreciar melhor esse mundo. Ver que a vida sempre me trará dificuldades, mas que soluções sempre aparecerão.

É tempo de reconstruir. Reciclar a minha vida e os meus pensamentos. A vida é dura, eu sei, mas eu consigo. Continuar do jeito que está é que não irá dar certo. Pessoas ruins me aparecerão sempre, querendo me destruir. Irão me chamar de amiga, quando na verdade estarão sendo apenas mais uns dos meus inimigos. Eu não ligarei. Ainda existem pessoas boas neste planeta.

Vou seguindo. Vou vivendo conforme a vida me conduz, feito uma ave, que vai sempre para onde é melhor. Assim, quando o lugar não me agradar, eu poderei dar adeus e sair voando.

Anúncios